quarta-feira, 14 de outubro de 2009

domingo, 5 de julho de 2009

Psiquismo, uma ilusão onde o bem e o mal residem

Controle da mente, hipnose de reprogramação, mudança de DNA, indução, linha do tempo e outros são apenas paliativos que atingem o psiquismo. Até que ponto esses recursos mudam mesmo uma pessoa?

Desde que os Estados Unidos começaram a lançar livros de auto-ajuda, a humanidade tem se voltado cada vez mais para técnicas que prometem mudanças rápidas e eficazes nos padrões de comportamento, limpeza do passado triste ou doloroso, libertação de traumas e até mudança de DNA.
Não podemos negar que os resultados chegam com certa prontidão, no sentido de que a pessoa fica por algum tempo mais envolvida consigo mesma, mais otimista com relação ao sucesso que poderá alcançar na vida, além de aprender responder aos percalços do caminho com mais otimismo. Porém, em que parte do composto humano essas técnicas atuam?
Nas últimas décadas temos nos envolvido tanto com o avanço da medicina, seus antibióticos potentes e exames minuciosos proporcionando a rápida recuperação dos pacientes, que desejamos imprimir o mesmo imediatismo nas questões psíquicas.
Da mesma forma, com o crescente número de igrejas que ensinam seus fiéis a exigirem de Deus mudanças radicais em suas vidas materiais em troca da fé e do dízimo que lhe ofertam, evidencia-se um novo padrão de comportamento humano. Na verdade, não sei se é tão novo assim, já que o próprio Sr. Jeová, ao tempo em que elegia profetas para falarem em Seu nome, fazia barganhas como essas com seus escolhidos.
Na pressa ou imediatismo que envolve a busca por resultados se escondem uma crença padronizada de que algo externo vai mudar seu modo de ser, sua condição financeira, seu nível de satisfação para consigo mesmo e para com o mundo como um todo. Ou seja, uma crença imperiosa de que a responsabilidade de qualquer mudança não recai sobre seus próprios esforços, mas na competência de outrem.
Não é à toa que a cirurgia plástica tem feito tanto sucesso no mundo. Ela é capaz de trazer resultados rápidos para uma mudança efetiva da aparência com a qual não se está satisfeito.
E o ponto é justamente este: aparência!
Ao se verem ofertadas receitas práticas de operar mudanças íntimas, pessoais e inadequadas, muitas vezes desagradáveis até ao convívio social, as pessoas se inclinam a comprar aquela que se lhe pareça mais rápida ou eficaz, conforme o sistema de crenças de cada um.
A questão é que o conjunto psíquico que compreende comportamentos, reações humanas e até emoções, não passa de uma roupagem aparente que esconde o verdadeiro eu que há em todos nós, essencialmente falando. E tudo o que é superficial ao ser interior é acessório para o espírito, que necessita dessa roupagem para viver as experiências terrenas. Disto se deduz que tanto o corpo quanto o psiquismo são meros instrumentos dos quais o espírito se serve para se lapidar intimamente, mas jamais serão o seu eu verdadeiro.
Da mesma forma como a cirurgia plástica altera o que há de indesejável em seu corpo físico, técnicas de PNL, hipnose, indução e reprogramação mental alteram o que há de indesejável em sua personalidade. E a pressa de mudar é tanta que não se perde tempo em procurar outra via de mudança.
Todavia, se nem o corpo físico nem a personalidade são de fato você, como esses paliativos de mudança podem ajudar você a mudar?
Na verdade, não podem muito. É muito válido ter uma aparência melhor para ser aceito na sociedade. Semelhantemente, é muito válido um temperamento moderado para quem deseja adquirir um conjunto de comportamento mais equilibrado. Mas você não vai se tornar um espírito melhor por conta dessas mudanças exteriores.
O problema está em conhecer a medida do que é ser melhor. No mundo de ilusões em que vivemos, atuando com um corpo ilusório e um psiquismo também feito de ilusão, não se objetiva a outro resultado senão a aprovação do seu semelhante, dentro dos próprios padrões de aceitação que desenvolvemos em nossa sociedade, ou seja, dentro dos padrões que regem essa transitoriedade que, para o espírito, é totalmente ilusória.
Nenhuma técnica de atuação psíquica pode lhe dar resultados eficazes no sentido de progressão espiritual como a meditação.
É o mestre Paramahansa Yogananda quem nos revela, no livro Autobiografia de um Iogue, que toda verdade, luz e cura estão dentro de nós mesmos, e não em algum lugar fora.
O mestre Yogananda ensina a prática da meditação, na qual se deve perguntar “o que há por trás dos meus olhos fechados?”. No intervalo entre a inspiração e a expiração, no silêncio que a meditação e a prática da respiração proporcionam à mente superior, aos poucos a resposta surge, como um véu interior que se descortina deixando emergir a luz da verdadeira consciência.
Quem desperta a luz da própria alma, que é a verdadeira consciência do espírito, consegue um nível de equilíbrio interior que se reflete pouco a pouco na roupagem tanto corpórea quanto psíquica
Se o corpo físico é repositório para um sem número de males, o corpo psíquico também o é, com o agravante de servir como morada para a maior expressão da dualidade: o bem e o mal.
Se há um fundamento transcendental para a profecia do Juízo Final, quando haverá a separação do joio e do trigo (metáfora para mal e bem, respectivamente), ele certamente está relacionado a este nossos tempos em que, sem poder compreender os afãs do espírito, impregnamos nosso psiquismo com aquela tal “pressa da melhora”. Apenas o foco da mudança está equivocado: não é mudando o corpo ou o psiquismo que nos libertaremos do mal ou, mais profundamente, da dualidade que o abraça, mas sim mergulhando em nosso próprio íntimo até que se acenda a luz de nossa alma.
Não há outra forma de se obter saúde integral ou consciência desperta. Se você deseja uma mudança efetiva, uma evolução segura e equilíbrio total, deve se habituar à prática da meditação que o libertará de toda e qualquer forma de apego, esse grilhão atroz que elegeu o corpo como principal veículo do ser e o psiquismo como o próprio ser.
Lúcia Roberta Mello

sábado, 18 de abril de 2009

Palestra com Jan Val Ellam no Rio de Janeiro


clique na imagem para ampliar

terça-feira, 14 de abril de 2009

sexta-feira, 10 de abril de 2009

O Poder da Mente contra a Obesidade

Dr. Ysao Yamamura, chefe do AO, setor de medicina chinesa da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), desenvolveu uma técnica que utiliza o poder da mente no combate à obesidade. Ele a chama de Qi Mental (Ki para os japoneses e Chi para os chineses: diz respeito à energia pessoal).
A técnica consiste, basicamente, em educar a mente para que ela projete na memória uma imagem magra de si mesmo e mantê-la positiva no sentido de acreditar que tudo é possível.
Para o Dr. Yamamura, a técnica do Qi Mental é de extrema importância, uma vez que a causa emocional que cada um possui para desenvolver a obesidade é diferente, própria do seu sistema de crenças e comportamentos mentais.
Os tratamentos que incluem essa técnica têm dado melhores resultados do que aqueles que a desprezam; aliás, isto não apenas no caso da obesidade, mas também nas demais patologias de fundo emocional.
A PNL (Programação Neurolinguística) também usa os mesmos princípios para ajudar a combater a obesidade. Em seus consultórios há uma lista interminável de causas relacionadas, e para todas elas há uma ou mais imagens associadas, o que corrobora a teoria do Dr. Yamamura de que “a mente trabalha com a imagem, e não com o peso”.
Trabalhar com a mente para combater a obesidade também é o foco de Louise Tommasi, psicóloga, em seu livro “O Ser Magra em um Corpo Gordo: a incoerência entre o ser e o estar”.
Neste livro, Louise narra a experiência pessoal de conviver e superar o “efeito sanfona”, padrão extremamente comum da instabilidade emocional relacionada ao peso e à auto-imagem.

Referências na internet:
http://dietaja.uol.com.br/Edicoes/111/artigo12722-1.asp
http://osermagraemumcorpogordo.blogspot.com/

O Prof. Dr. Ysao Yamamura é o presidente-fundador do Center AO, Professor Associado Livre Docente e Chefe do Setor de Medicina Chinesa-Acupuntura do Departamento de Ortopedia e Traumatologia da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Dedica-se inteiramente ao ensino e à pesquisa em Medicina Chinesa e Acupuntura, orientando teses de mestrado e doutorado no Departamento de Ortopedia e Traumatologia da universidade e co-orientando diversas teses conduzidas em outras disciplinas e departamentos na área de acupuntura. Vários de seus trabalhos mereceram prêmios em âmbito internacional.

O Center AO - Centro de Pesquisa e Estudo da Medicina Chinesa – fundado pelo Dr. Ysao Yamamura – é uma instituição ligada ao ensino, à pesquisa e ao atendimento assistencial em Medicina Chinesa e Acupuntura.

Louise Tommasi é psicóloga e jornalista. Trabalha com hipnose, tarô, astrologia, reprogramação mental e emagrecimento. Também é professora de português para estrangeiros na Suiça. Criou vários blogs que falam de amor, poesia, comportamento, dependência afetiva e emagrecimento. Escreveu 3 livros e atualmente está envolvida na criação do seu novo romance: A transformação da gorda Karina – de larva à borboleta.

O Ser Magra em um Corpo Gordo - a incoerência entre o ser e o estar

capa-Magra

É trançando os fios da alma e rebuscando os sentimentos que Louise Tommasi alivia os pratos da sua balança.

Numa abordagem inédita e bem dosada, O Ser Magra em um Corpo Gordo – a incoerência entre o Ser e o Estar – é um compêndio autobiográfico com o qual a autora tem levado a diversas pessoas o benefício deste seu método de bem-estar físico e psicológico.

Louise aborda o equilíbrio entre o ser e o estar como ponto fundamental para se manter a forma desejada, mas revela seu segredo com relação às vantagens que o conhecimento de si mesmo e o uso da programação mental trazem ao processo da conquista do peso ideal.

O Ser Magra em um Corpo Gordo... dá um basta na árdua peregrinação entre a balança, os livros de regimes e as listas de dietas para emagrecer ou engordar, ofertando ao leitor a idéia de uma fórmula individual que coloca o bem-estar geral acima de qualquer sacrifício.

terça-feira, 7 de abril de 2009

sexta-feira, 20 de março de 2009

SABONETE DO AMOR


Se você deseja equilibrar suas energias amorosas, poderá usar o recurso do sabonete do amor. Para uso pessoal ou para presentear a pessoa amada, é ainda melhor se você mesmo(a) fizer seu próprio sabonete.



Material:

500g de glicerina vermelha
formas de plástico ou silicone
pétalas de rosas brancas e vermelhas desidratadas
jasmim
bastão de vidro
panela de ágata
essências de morango, florais e rosas
forma de alumínio para o banho-maria
plástico firme (para embalar)

Modo de Fazer:

1. corte a glicerina vermelha em pedaços e coloque-a em uma panela de ágata para derreter em banho-maria. Mexa devagar com o bastão de vidro
2. quando perceber que a glicerina está líquida e sem coagulações, retire-a do fogo, espere esfriar um pouco e despeje aproximadamente 15ml de essência de morando, florais e rosas
3. continue mexendo a glicerina com o auxílio do bastão de vidro
4. coloque as pétalas de rosas brancas e vermelhas e o jasmim nas fôrmas que você escolheu
5. despeje a glicerina nas fôrmas aos poucos sobre as pétalas e o jasmim, sempre segurando o excesso de espuma (nata) com o bastão de vidro
6. quando a glicerina estiver endurecida, desenforme. Deixe os sabonetes respirando por duas horas antes de embalá-los com o plástico filme

Decoração com velas e Feng Shui


Somos responsáveis pela energia que emitimos, bem como pela que atraímos ao nosso redor. Como o fator decoração, hoje em dia, segue a tendência de consultar, sempre ou quase sempre, os princípios do Feng Shui, que tem por função promover o equilíbrio, propomos que você utilize velas em sua decoração, respeitando as influências de cada cor e as orientações da técnica oriental para equilibrar as energias do ambiente.

Amarelo
Ativa a comunicação, por esse motivo é a cor dos espaços de circulação, corredores, passagens e livings. Amarelo é pura intelectualidade. É a cor do sol, portanto traz alegria e otimismo. Favorece o senso de tolerância, a paciência e a sabedoria. Ideal contra depressão e solidão. Alivia a sensação de esgotamento mental. Estimula a intelectualidade. Favorece o pensamento. Ativa o intelecto, a comunicação e a harmonia do todo. Está associado à flexibilidade e à boa sorte.

Laranja
Traz alegria, entusiasmo e autoconfiança. Estimula a libido. Auxilia no processo criativo. Antídoto contra a depressão e o cansaço. ajuda no amadurecimento interior.

Violeta
Privilegia o lado espiritual e promove a harmonia. Propicia inovações e mudanças. favorece a criatividade. Representa poder e riqueza.

Azul
Traz serenidade e calma. Integra-se a qualquer ambiente, eliminando energias negativas. Purificador, desintegra energias negativas e favorece inspiração e amabilidade. acalma e suaviza. É ideal para distúrbios emocionais. Controla a dome excessiva. Pode representar a esperança e, secundariamente, a lamentação. Estimula o crescimento pessoal e propicia o autocontrole.

Branco
A cor da pureza, da claridade. Estimula a criatividade.

Verde
É a cor da natureza. Ajuda a renovar as energias. Representa esperança e abundância e estimula momentos de paz e cura. Calmante e relaxante, oferece a sensação de frescor. Alivia a tensão. Transmite sensação de paz e bem-estar. Associado à abundância.

Rosa
Associada à inspiração e ao amor. Abre o coração. Ensina o amor incondicional. Traz conforto e aconchego à alma. Proporciona leveza e suavidade. Acalma e relaxa. Representa os sentmentos puros, como a alegria, a felicidade e o romance.

Dourado
A luz e o brilho estão claramente relacionados ao sucesso.

Vermelho
Por ser muito perturbadora, esta cor deve se restringir a detalhes na decoração de qualquer ambiente. Cor que atrai paixão e sentimentos intensos. Energia positiva e força total. Estimula a alegria e a vitalidade. Conota felicidade, calor de fogo, força e fama. Ajuda a despertar energias vitais, como agressividade e paixão. Eleva a pressão sangüínea e aumenta o apetite.

Prata
As velas prateadas decoram salas de banho, com o objetivo de espalhar calor e reduzir a umidade. Hoje, no entanto, são também muito usadas na decoração de mesas em qualquer ambiente da casa.

Purificação do corpo físico

Para fazer uma boa purificação do corpo físico, você deve:
• Tomar 8 copos de água com limão por dia, durante 20 dias no primeiro mês e quinze dias nos meses consecutivos até que o corpo seja purificado (se a purificação for leve, basta fazer o primeiro mês).
• Retirar: doces, massas, gorduras e comidas fortemente condimentadas.
• Colocar: chás, folhas verdes e frutas; peixe; cereais e arroz integral.
• Do acordar até o meio-dia, ingerir apenas líquidos, deixando os sólidos apenas a partir das doze horas. O limite mínimo de horário para iniciar a ingerir sólidos é onze horas durante o período de purificação.
• Fazer caminhada consciente durante uma hora por dia, todos os dias. Achar o ritmo pessoal e o tamanho do passo e acelerar até o ponto do suportável.
• Entrar em contato com a própria essência física através de meditações diárias e perguntar a ela quais os exercícios que devem ser feitos por você.
• Associe florais, chás e ervas orientadas por um terapeuta.

quinta-feira, 19 de março de 2009

ARCANJO MIGUEL


Arcanjo Miguel
Do hebraico Mikha’el significa: “Quem é Deus?”
Seu nome é um grito de batalha. Capitão do exército celestial, líder dos arcanjos, Vice-rei do céu, Senhor do caminho, matador do dragão das intenções malignas, guardião dos lugares santos, governante do quarto céu, Anjo do meio-dia. Vestido de armadura com escudo e armamento, enfrenta principalmente Satã e seus demônios e depois, todos os inimigos do povo de deus.
Também é conhecido por São Miguel e é freqüentemente igualado com o Espírito Santo.
É o anjo que limpa as pessoas, grupos ou localidades de discórdia e do mal. Representa o correto, o criativo, o que deve ser feito. O mestre da energia do equilíbrio.
São Miguel, muitas vezes confundido com Arcanjo Miguel, é o defensor do povo de Deus, sobretudo nos tempos de angústia. É aquele que acompanha as almas dos mortos até o céu.

Ordenação Angélica e características:
3ª ordem – coros a serviço da salvação do homem pela graça de Deus, 8º coro - ARCANJOS
Elemento: fogo (purificação, perfeição)
Estação e cores: verão, verde bandeira, azuis vívidos, dourado e vermelho-rosado
Invocação: É invocado como protetor contra todas as adversidades quando se precisa ter coragem e de um defensor forte; sucesso
Dia: domingo
Astro: o Sol
Direção para Invocar: Sul
Vela: vermelha
Oração a São Miguel

São Miguel, glorioso príncipe do céu, protetor das almas, eu vos invoco, para que me livres de toda a adversidade e de todo pecado, e me façais perseverar no serviço de Deus, conseguindo-me dele a graça da perseverança final.
Amém.

terça-feira, 17 de março de 2009

Novo livro de Jan Val Ellam

Anuncio-livro

Anúncio do livo de Jan Val Ellam

sexta-feira, 6 de março de 2009

Ghost Whisperer – Mediunidade exemplar nas telas de TV

Criada por John Gray, a série norte-americana Ghost Whisperer é baseada no trabalho de James Van Praagh, que atuou na série como co-produtor executivo da mais alta importância, se considerarmos sua consultoria.
É nos relatos de experiências mediúnicas reais de James Van Praagh e Mary Ann Winkowski, ambos capazes de se comunicar com os mortos, que os roteiros episódicos se inspiram.

Pela Fox Life, a série se chama ”Em Contato”. Já em Portugal, é chamada de “Entre Vidas”, já que o enredo gira em torno de uma médium que vê espíritos de pessoas mortas que ainda não fizeram a passagem para a luz por terem algum tipo de pendência na terra. No Brasil, a série estreou em 07/11/2005 na TV fechada, onde é transmitida pela SONY nos seguintes horários: quinta (22h00); sexta (02h00); sábado (09h00/18h00); domingo (06h00).

Melinda Gordon, a protagonista, é representada pela atriz Jennifer Love Hewitt. Ela é casada com Jim Clancy (David Conrad), que trabalha como paramédico e, muitas vezes, ele faz par com a esposa nas investigações que envolvem os casos que ela ajuda a resolver, apesar de temer que a instabilidade emocional de Mel (como carinhosamente a chama) venha a abalar seu casamento.

Na primeira temporada, Melinda divide a sociedade de uma loja de antiguidades, na cidadezinha de Granview, com Andrea (Aisha Tyler, que também aparece em “CSI” e “24 horas”). Na segunda temporada, Andrea não está mais na série. É quando entra Camryn Manheim, a atriz consagrada, pelo cinema e pela televisão.
Camryn vive Delia Banks, uma viúva insatisfeita com o trabalho numa imobiliária e inconformada com a morte do marido, mãe de um adolescente que julga ser problemático. Com ela, ao contrário da relação que tinha com Andrea, Melinda não se sente à vontade para compartilhar seu dom – o que se altera, com o tempo.
Outro personagem importante da série entra na segunda temporada. Trata-se do professor Rick Payne (Jay Mohr), especialista em simbologia mística que busca compreender o porquê de haver pessoas que creem em fantasmas e espíritos.

Ghost Whisperer surgiu no mesmo ano em que séries semelhantes como Joan of Arcadia, Medium e Tru Calling também foram lançadas. Todavia, o que surpreende e marca um diferencial em Ghost Whisperer é justamente a incrível fidelidade dos casos exibidos com o que ocorre na vida real, com médiuns desse gênero no mundo inteiro.
É de chamar à atenção a postura tranquila, amorosa e firme de Melinda, que se mantém sempre distante emocionalmente dos problemas dos fantasmas a quem presta ajuda, mesmo emocionando-se com eles na hora de sua passagem.
Para os médiuns de todo o mundo, Melinda serve como um modelo perfeito de como se deve agir frente à difícil tarefa mediúnica.

Lúcia Roberta Mello

quarta-feira, 4 de março de 2009

Corpo e mente juntos na hora da caminhada

Adote uma postura mental positiva em sua caminhada diária para aliar saúde e equilíbrio na conquista da saúde integral.

É comum querer indicar caminhadas a pessoas que estão pouco ou muito acima do peso. Porém, essa prática pode oferecer benefícios mesmo para quem está em forma. Tudo vai depender da maneira como você encara o exercício e permite que ele se torne seu companheiro de todos os dias.
A postura mental também poderá se tornar um fator decisivo entre aproveitar mais ou menos os benefícios da caminhada, se você souber usá-la a seu favor.
A recomendação médica é caminhar regularmente, pelo menos uma hora por dia (ininterruptamente), impondo-se um ritmo administrável, entre o passeio contemplativo e a marcha. Isto porque o corpo necessita de disciplina e regularidade para se habituar a qualquer tipo exercício.
A constância vence o desafio das dores musculares, do ritmo imposto á caminhada e da distância percorrida por dia. Também melhora, gradualmente, a capacidade respiratória e a resistência física em geral.
Se você usa o pensamento positivo simultaneamente à prática da caminhada e com isso vai emitindo sugestões mentais para que suas pernas não doam, o exercício elimine o excesso de peso e/ou ajude a queimar gorduras localizadas, que sua respiração melhore, e outros comandos afins, seu progresso será ainda mais rápido.
Confie em seu poder mental, pois tudo o que a mente deseja é participar ativamente das atividades físicas e de tudo mais em sua vida que possa proporcionar bem-estar físico e espiritual.
Quando o ato de caminhar se torna um hábito em sua vida e deixa de causar incômodo físico, é sinal de que é hora de explorar a mente ainda mais, trazendo-a como aliada para o seu progresso enquanto ser integral. É hora, portanto, de incluir contemplação e meditação em sua prática.
Quando o corpo se condiciona a uma prática e a realiza sem esforço, a mente fica livre para pensar em qualquer coisa. Se você deixar sua mente navegar livremente, ela trará, em primeiro lugar, pensamentos relacionados aos seus problemas cotidianos. Isto faz parte do condicionamento mental que a maioria das pessoas adquiriu por efeito da cultura social de que não se pode sossegar enquanto os problemas não estiverem resolvidos. Como os problemas surgem quase que diariamente, é quase impossível não pensar em suas soluções. E é essa predominância que aparece na hora em que a mente não é direcionada pela vontade para um foco maior ou melhor.
Mas, se você conduz a mente para um pensamento mais elevado e a faz se concentrar em algo positivo, ela resistirá um pouco, mas acabará cedendo e colaborando com você.
São muitos os terapeutas holísticos que recomendam a repetição de mensagens e pensamentos positivos durante a caminhada. Alguns indicam, ainda, ouvir música relaxante que ajude a manter o compasso respiratório. Tudo é válido para tirar o melhor proveito deste exercício.
Sem dúvida, é um bom momento para exercitar a contemplação, que age como porta de entrada para a meditação.
Ao contrário do que se pensa, a meditação não requer postura calma e estática, muito embora esta seja ideal para principiantes. Você pode calar os pensamentos recorrentes (os que ficam martelando em cima dos problemas e situações cotidianas) simplesmente prestando atenção em sua respiração.
Deixe-se levar pelo ritmo de sua respiração e concentre-se nisso até que sua mente esteja tranquila para ir um passo além, ou seja, pensar no que é melhor para seu espírito ou, simplesmente, procurar questionamentos profundos acerca de quem você é interiormente.
Todas as doenças se manifestam no ser humano porque sua mente está em desequilíbrio com seu corpo. Usando esses momentos de caminhada para fazer essa união e tirar o melhor proveito disso é o que, aos poucos, irá gerar saúde integral para você.

Lúcia Roberta Mello

sexta-feira, 27 de fevereiro de 2009

Encontrar a força em si mesmo é a meta

Ora, por que procurar no outro ou fora de nós mesmos nossa verdadeira força e poder?
Acreditamos, muitas vezes por insegurança, que o outro sempre sabe mais, tem razão, e assim vamos sendo o que o outro quer, mas não o que realmente somos.
Repare como nossa personalidade é moldada pelos ensinamentos dos nossos pais, professores, parentes, amigos, livros... Pouco nos voltamos para nossa própria sabedoria interna, que é infinita e segura.
Para exemplificar o que digo aqui, transcrevo uma lenda japonesa que traz, em sua essência, profundo material de reflexão, mesmo diante de tanta simplicidade.

O nome da gata

(Texto e desenhos: Claudio Seto)

Há muitos e muitos anos, numa pequena cidade no interior do Japão, vivia um casal de velhinhos. Eles levavam uma vida feliz e tranquila e amavam a natureza. Certo dia, quando os velhinhos visitavam um templo, o monge deu a eles uma gatinha que havia nascido sob o assoalho do pavilhão de orações.
O velhinho e a velhinha receberam a linda gatinha como quem recebe uma graça divina. Eles não tinham filhos e sentiram que podiam criar aquele pequeno animal com todo carinho e dedicação. Enquanto voltavam para casa, iam discutindo qual nome dariam à gatinha.
- Vamos dar o nome de uma pessoa forte e valente para que nossa gatinha seja sadia e corajosa - disse o velhinho.
- Sugiro que seja Musashi-bo Benkei, pois é um forte e valente guerreiro e ao mesmo tempo, um monge dedicado - respondeu a velhinha.
- Seria um nome perfeito se Benkei não fosse nome de homem. Nossa gatinha tem que ter nome de mulher.
- Que tal Tomoe Gozen, nome da mais forte mulher guerreira do Japão? Ela participou de várias batalhas cavalgando pelos campos, vestida de armadura e brandindo sua mortal naguinata (alabarda). Lutou ao lado do marido, Minamoto no Yoshinaga, até tomar a capital do Japão e expulsar os poderosos de Heian-kyo (capital do antigo Japão).
- Tomoe Gozen pode ser um nome interessante, porém é um nome muito comprido. Para chamar nossa gatinha será preciso repetir: Tomoe Gozen, Tomoe Gozen, Tomoe Gozen... Ah! é comprido demais.
Assim os velhinhos continuaram pensando em qual nome colocar na gatinha, quando, enfim, chegam em casa. Um vizinho que os viu chegar foi logo perguntando:
- Oh! Que linda gatinha, qual é o nome dela?
- Pois estávamos pensando exatamente em qual nome dar para ela. Tem alguma sugestão?
- Deixe-me ver... Acho que Tora (tigre) combina com as manchas na pele dela.
- Pensando bem é um bom nome, pois o tigre é um animal forte e destemido.
Assim a gatinha passou a ser chamada de Tora, sendo tratada com muito carinho.
No dia seguinte, o casal brincava com a gatinha chamando Tora pra cá e Tora pra lá. Nisso, a mulher do vizinho que observava do portão perguntou:
- Por que deram o nome de Tora para um bichinho tão delicado?
- A sugestão foi de seu marido, e nós aceitamos porque queremos que nossa gatinha cresça muito forte.
- Ah! Meu marido não sabe nada. O animal mais forte que existe é o dragão. Se lutarem dentro d’água, o dragão vence o tigre facilmente.
O casal concluiu que a vizinha tinha razão e mudaram o nome da gatinha para Dragão.
Alguns dias depois, passou por ali um andarilho e comentou:
- É a primeira vez que ouço uma gatinha sendo chamada de Ryu (dragão). Por que puseram um nome tão diferente para uma gatinha?
Mais uma vez o velhinho explicou que era um nome sugestivo para a gatinha crescer forte.
- Realmente, o dragão é um animal muito forte, porém, todos nós sabemos que em dia de grande tempestade, o dragão sobe nadando na chuva e penetra numa nuvem para chegar ao céu. Portanto, se não fosse a nuvem, ele jamais chegaria ao céu. Isso significa que a nuvem é mais forte que o dragão.
O casal pensou, pensou, e concluíram que o andarilho tinha razão. Assim, mudaram o nome da gatinha para Kumo (nuvem). O andarilho seguiu sua caminhada e, chegando ao castelo mais próximo, comentou o que tinha acontecido.
Na época, havia na corte muitos debates culturais. Os intelectuais discutiam incansavelmente, durante anos a fio, qual era a estação do ano mais bonita: a primavera ou o outono. Também faziam debates para saber qual a flor mais bonita: a cerejeira (Sakura) ou a ameixeira (Ume). Houve, então, grande interesse em sugerir o nome da gatinha pelos intelectuais do castelo. Um deles foi até o vilarejo e sugeriu ao casal que mudasse o nome da gatinha que agora chamava Kumo (nuvem), para Kaze (vento).
- Por que Kaze? - Perguntou o velhinho.
- Ora, pense bem! Um sopro de vento e a nuvem dissipa-se toda. Por isso, é melhor dar o nome de Kaze (vento).
O bom velhinho pensou um pouco e concluiu que o cortesão tinha razão. Assim, o nome da gatinha foi mudado para Kaze.
Nisso chegou outro intelectual da corte e questionou:
- Ora, Kaze não me parece forte suficiente. Estive observando, no último vendaval, que o vento destelhou muitas casas, mas não conseguiu derrubar as paredes. Isso significa que Kabe (parede) é mais forte que Kaze (vento).
O argumento pareceu muito convincente ao velhinho e mais uma vez o nome da gatinha foi mudado, agora para Kabe (parede).
- Acho que Kabe será seu nome definitivo, disse o velhinho olhando satisfeito para a gatinha.
Nisso, a velhinha fez uma observação:
- Parede não é tão forte assim. Veja ali aquele buraco. Foi o Nezumi (rato) quem fez.
- Então precisamos mudar o nome dela para Nezumi.
- Gato com nome de rato não fica muito bem, e rato tem medo de Neko (gato)...
- Realmente, o gato é mais forte que o rato. Então vamos chamá-la de Gatinha. E assim passaram a chamar a gatinha de Gatinha e parece que foi uma medida acertada, pois ninguém mais deu palpite no nome dela.

Beijinhhos... sayonara!

Namaste Shanti om

Paz Profunda

Marcix

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2009

RAMAKI - HOLOS VITAL REIKI

Ramaki quer dizer: O Poder Energia do Sol (RA) e da Terra (MA), enfim dos quatro elementos equilibrados em Nosso KI (Força Vital natural do ser vivo). É um Método de aplicação da energia Reiki através dos sopros vocálicos sagrados.

Esse método, iniciação e curso são transmitidos pessoalmente ou à distância, onde o iniciado recebe apostila, as leituras de purificação, um cd de induções, aplicação e iniciação, uma mandala radiestésica com os símbolos de Reiki e Ramaki para energização à distancia, certificado e um Rosário Cósmico Ramakiano para reprogramação mental, positivação pessoal e harmonização dos chakras.

Ramaki ou Holos Vital Reiki, foi canalizado por Marcia Carvalho Basso na época, hoje com seu pseudônimo (Marcix) no dia 21 de março de 2002 por volta das 7 horas da manhã. Antes chamado de Holos Vital Reiki-Ramaki, esta arte de atração de cura e harmonia promoveu a própria energia reikiana em seu êxtase e ação através dos sopros específicos.

Após haver aplicado em dezenas de pessoas obtendo um resultado de alívio praticamente imediato de dores e peso energético, Marcix então resolveu propagar este conhecimento. Entrou logo em contato com a grande amiga, mística editora e redatora Lúcia Roberta Mello (revistas Descobrindo o Reiki , Viver de Luz e outras tantas), iniciando-a no método. Lúcia maravilhada com os resultados auxiliou Marcix a estruturar um curso e pesquisaram juntas como e porque o Cosmo resolveu transmitir esse conhecimento.

Além de aplicação e entendimento da energia, o curso enfatiza todo um método de conservar essa vibração positiva, curativa e harmonizadora, com alguns policiamentos e desenvolvimentos comportamentais. Souberam mais tarde que o Próprio Mikao Usui e Madame Takata utilizavam sopros nas aplicações Reikianas.

Se você quiser saber mais sobre Ramaki, sintonizações em energias curativas entre em contato conosco.
Namaste Shanti Om

Marcix
----------

Curiosidades sobre os cristais

Fisicamente falando, os cristais são minerais de corpos sólidos e limitados por faces planas que se tocam nas quinas. Na natureza, eles são formados em condições especiais de temperatura e de pressão que originam estruturas lisas e de simetria geometricamente perfeita.

Os cristais correspondem a 70% do planeta Terra, e sua beleza, brilho, pureza e formas, sempre estiveram associadas ao poder e a magia. Fato este comprovado por sua presença em adereços e ornamentos de monarcas e soberanos da história.

A ciência, em tempos mais recentes, encontrou nos cristais, características físicas as quais pôde considerar muito mais importante que sua beleza. Os cristais reagem à pressão e a eletricidade, ou seja, possuem propriedades piezelétricas, isto significa que quando são submetidos à pressão, são capazes de gerar impulsos elétricos.

As formas cristalinas também conseguem manipular e direcionar sinais elétricos. Estas características foram de suma importância para a criação dos transistores e dos chips de computador, que para quem não sabe, são feitos de cristais de silício.

Porém, esta característica de manipular energias, já era conhecida, pelos povos mais antigos, e assim, o cristal sempre teve utilização nos rituais mágicos, na forma de talismãs, amuletos, energizadores e catalisadores. Sua utilização não ficava limitada somente ao campo mágico e místico. Os cristais eram utilizados para curar e equilibrar as pessoas.

Na Índia, Egito e Grécia antiga, os cristais eram utilizados para energizar remédios e como auxiliares na medicina.

Cada forma cristalina possui características próprias, e manipulam cada qual um tipo de energia diferente. Alguns cristais são capazes de aumentar um sinal energético, funcionando como um amplificador, outros absorvem energias, como uma esponja absorve a água e alguns ainda podem modular energias, fazendo com que suas características originais sejam mudadas ou purificadas.

Por estas características, os cristais são capazes de agir no campo energético que é gerado por todos os seres vivos, e com isso podem trabalhar energias que, por desequilíbrio, excesso ou falta, possam estar gerando problemas emocionais ou até físicos.

Aguarde novas postagens.


Lúcia Roberta Mello

Compra de imóveis - fique alerta!

Comprar uma casa é o grande sonho da vida do brasileiro. Mas, infelizmente, não são todos que conseguem isso facilmente. Para quem não pode pagar à vista, resta os financiamentos. Como esta é a grande maioria, é preciso estar bem informado a respeito de todas as medidas necessárias para que não haja nenhum inconveniente depois. O PROCOM tem uma carta de alerta bastante esclarecedora e que deve ser seguida à risca. Mas antes, certifique-se de que vai poder assumir o longo período de mensalidades que as prestações irão impor ao seu bolso, pois você passará longos e cansativos anos até conseguir quitar a sua casa e poder considerá-la sua.



Compra de imóvel na planta:

• Verifique se o projeto de incorporação está devidamente aprovado pela prefeitura e registrado no Cartório de Registro de Imóveis competente.
• Verifique se o que consta dos prospectos e anúncios condiz com a planta aprovada pela prefeitura e com o memorial descritivo da edificação.
• Visite o local da construção durante o dia, noite, e fins de semana, observando possíveis inconvenientes, como feira livre, excesso de barulho, clubes, etc.
• Informe-se sobre os profissionais responsáveis pelo empreendimento. Verifique se a empresa incorporadora e construtora já construiu outros imóveis, visite os locais e consulte outros compradores. Veja se estão satisfeitos com a construção.
• O contrato deve informar o prazo para início e término da obra. A multa por atraso na entrega deve estar incluída no documento.

Na assinatura do contrato:

• Não assine nada sem ler e entender todos os pormenores e detalhes.
• Verifique o valor total do imóvel atualizado.
• Exija a discriminação da forma de reajuste das prestações (periodicidade, índice, local de pagamento, vinculação a notas promissórias, etc.). Nos imóveis contratados para entrega futura, é recomendável a adoção de índice de preços para o reajuste das prestações que vencerem após a entrega das chaves (IPC/FIPE/INPC/IBGE), pois durante a construção pode ser adotado um índice setorial de custos (CUB, INCC, etc.). Sugere-se a determinação exata do índice a ser utilizado, uma vez que alguns índices são regionais e outros nacionais.
• Rubrique todas as páginas. Risque os espaços em branco.
• Certifique-se de que tudo o que consta da proposta e dos ajustes verbais faz parte do contrato.
• Verifique as condições previstas para uma eventual rescisão.

Exija a documentação completa do imóvel:

• Certidão vintenária com negativa de ônus atualizada. Esse documento é fornecido pelo Cartório de Registro de Imóveis e informa sobre as alterações realizadas nos últimos 20 anos na documentação do imóvel.
• Certidão negativa dos cartórios de protesto da cidade onde o proprietário reside.
• Comprovantes de pagamento de contas de água, esgotos, energia elétrica, telefone, gás, etc.
• Declaração negativa do síndico sobre débitos condominiais.
• Escritura definitiva registrada no cartório de registro de imóveis.
• Carnê de IPTU do ano em curso e dos quatro anos anteriores. Verificar também se a metragem constante da escritura coincide com a do carnê.
• Informar-se sobre a existência de projeto de desapropriação na área.
• Declaração de que na condição de empregador não se acha abrangido pelas restrições da Lei Orgânica da Previdência Social e do Funrural nos imóveis urbanos (pessoa física).

Normalmente é o proprietário quem deve apresentar os documentos acima, pois implicam custo. A falta de informações compromete a segurança do negócio e pode acarretar prejuízos.

Despesas comuns:

• Pagamento da lavratura da escritura no Tabelionato de Notas.
• Valor do imposto de transmissão (ITBI), pago à prefeitura.
• Pagamento dos emolumentos do Cartório de Registro de Imóveis (registro de escritura).
• Salvo disposição em contrário, cabe ao vendedor o pagamento das despesas de corretagem e certidões. Ao comprador, cabe o pagamento das despesas de transmissão.

Providências para a obtenção da escritura:

• A alteração do cadastro do proprietário, nas concessionárias de água e esgotos, energia elétrica, gás e IPTU, na prefeitura.
• A baixa da hipoteca, se houver, deve ser solicitada no cartório imobiliário, após quitar o pagamento do imóvel.

Como evitar prejuízo ao desistir de um financiamento:

Se o comprador de um imóvel financiado desiste do financiamento, ele deve tentar uma negociação com a construtora e o banco que fez o financiamento. O Código de Defesa do Consumidor estabelece nesses casos a devolução de parte do valor pago no caso de rescisão do contrato. Apesar de a lei não fixar os percentuais de devolução, os juízes geralmente sentenciam a devolução de 70% a 80% do valor pago, sendo o restante para cobertura de gastos com corretagem e promoção.

Caso o imóvel esteja situado em um bairro de grande procura e em edifício em que todas as unidades foram vendidas pela construtora, deve-se tentar revender a unidade. Neste caso, é necessário verificar se a pessoa interessada em adquirir o imóvel tem crédito aprovado na construtora e se a taxa de transferência não inviabiliza o negócio.

As construtoras não costumam aceitar a recompra do imóvel, mas na negociação com o cliente inadimplente, tem admitido trocar o imóvel por outro de menor valor.

A Missão dos Signos

Alegoria
(Martin Schulman)

... E era manhã quando Deus parou diante de suas doze crianças e em cada uma delas plantou a semente da vida humana. Uma por uma, dirigiram-se a Ele para receber sua dádiva.

“Para você, ÁRIES, dou Minha primeira semente, a qual você terá a honra de plantar. E, para cada semente plantada, um milhão de novas sementes se multiplicarão em suas mãos. Você não terá tempo para vê-las crescerem, pois tudo que plantar criará mais sementes para serem plantadas. Você será o primeiro a penetrar no solo da mente dos homens com Minha Idéia. Mas não é seu trabalho alimentar a Idéia nem questioná-la. Sua vida é ação e a única ação que atribuo a você é começar a tornar os homens cientes de Minha Criação. Para que seja um bom trabalho te dou a virtude do AUTO-RESPEITO”. Em silêncio, Áries voltou a seu lugar.

“Para você, TOURO, dou o poder de fazer da semente a substância. Seu trabalho é grande requerendo paciência, pois você precisa terminar tudo que foi começado ou as sementes serão perdidas ao vento. Você não questionará ou mudará de idéia no meio do caminho, nem dependerá de outros para fazer o que pedi. Para isso, lhe dou a dádiva da FORÇA. Use-a com sabedoria!. E Touro voltou a seu lugar.

“Para você, GÊMEOS, dou as perguntas sem respostas para que possa trazer a todos a compreensão do que o homem vê a seu redor. Você nunca saberá por que os homens falam ou ouvem, mas em sua procura pela resposta encontrará minha dádiva do CONHECIMENTO”. E Gêmeos voltou ao seu lugar.


“Para você, CÂNCER, atribuo a tarefa de ensinar aos homens sobre emoção. Minha Idéia é você causar-lhes risos e lágrimas para que tudo o que vêem e pensem se desenvolva com plenitude interior. Para isto, dou-lhe a dádiva da FAMÍLIA, para que sua plenitude possa multiplicar-se”. E Câncer voltou a seu lugar.

“Para você, LEÃO, dou o trabalho de mostrar Minha Criação para o mundo em todo o seu esplendor. Mas você precisa tomar cuidado com o orgulho e sempre se lembrar que é Minha Criação, não sua. Pois se você se esquecer disto, os homens irão desprezá-lo. Há muita alegria no trabalho que lhe dou, se ele for bem feito. Para isso, você terá a dádiva da HONRA”. E Leão voltou a seu lugar.

“Para você, VIRGEM, peço uma análise de tudo que o homem tem feito com Minha Criação. Você examinará seus caminhos minuciosamente e os lembrará de seus erros, para que através de você Minha Criação possa ser aperfeiçoada. Para isto, dou-lhe a dádiva da PUREZA de PENSAMENTO”. E Virgem voltou a seu lugar.

“Para você, LIBRA, dou a missão de servir, pois o homem deve estar ciente de seu serviço para outros. E que ele possa aprender a cooperar, bem como ter habilidade de refletir o outro lado de suas ações. Eu colocarei você em todo lugar onde haja discórdia e pelos seus esforços lhe darei a dádiva do AMOR”. Em silêncio, Libra voltou a seu lugar.

“Para você, ESCORPIÃO, dou uma tarefa muito difícil. Você terá a habilidade de conhecer a mente dos homens, mas não permito a você que fale sobre o que aprender. Muitas vezes você será magoado pelo que vê e em sua dor você se afastará de Mim, e se esquecerá de que não sou Eu, mas a perversão de Minha Idéia que está causando sua dor. Você terá tanto do homem, que chegará a conhecê-lo como animal e lutará tanto com seu instinto animal dentro de si, que perderá seu caminho; mas quando você finalmente voltar a Mim, eu terei para você a suprema dádiva do PROPÓSITO”. E Escorpião, voltou a seu lugar.

SAGITÁRIO, eu peço a você para fazer os homens rirem, pois no meio das incompreensões de Minha Idéia, eles se tornam amargos. Através do riso você dará esperança aos homens e através da esperança voltará seus olhos para MIM. Você tocará muitas vidas, mesmo que só por um momento e conhecerá a impaciência em cada vida que tocar. Para você, eu dou a dádiva da ABUNDÂNCIA INFINITA que deve espalhar generosidade suficiente para penetrar cada canto de escuridão e torná-lo iluminado". E Sagitário voltou ao seu lugar.

“De você, CAPRICÓRNIO, peço suor de seu rosto para que possa ensinar os homens a trabalhar. Sua tarefa não é fácil, pois você sentirá o trabalho de todos os homens sobre os seus ombros; mas para a superação de seus fardos ponho a RESPONSABILIDADE do homem em suas mãos”. E Capricórnio voltou ao seu lugar.

“Para você, AQUÁRIO, dou o conceito do Futuro para que o homem possa ver outras possibilidades. Você terá a dor da solidão, pois Eu não lhe permito personalizar Meu Amor, mas para abrir os olhos do homem para novas possibilidades, eu lhe dou a dádiva da LIBERDADE, para que em sua liberdade possa continuar a servir a humanidade onde quer que seja necessário”. E Aquário voltou ao seu lugar.

“Para você, PEIXES, eu dou a tarefa mais difícil de todas. Peço-lhe para reunir todas as tristezas do homem e voltá-las para Mim. Suas lágrimas serão Minhas lágrimas. A tristeza que você incorporará é o efeito da incompreensão do homem a Minha Idéia, mas você lhe dará compaixão para que ele possa tentar novamente. Para esta tarefa, a mais difícil de todas, dou a você a maior dádiva. Você será a única de Minhas doze crianças a Me compreender. Mas esta dádiva de COMPREENSÃO é para você, Peixes, pois quando você tentar difundi-la ao homem, ele não o ouvirá”. Em silêncio, Peixes voltou a seu lugar.

...Então, DEUS disse: “Cada um de vocês tem uma parte de Minha Idéia. Vocês não podem confundir nenhuma parte de Minha Idéia nem devem desejar trocá-las entre si. Pois cada um de vocês é perfeito, mas vocês não saberão disto até que todos os doze sejam UM, pois então o todo da Minha Idéia será revelada a cada um”.

E as crianças saíram, cada uma determinada a fazer seu trabalho o melhor possível, para que pudessem receber sua dádiva. Mas nenhuma compreendeu inteiramente sua tarefa ou sua dádiva e quando voltaram confusas, Deus disse: “Cada uma de vocês acredita que as dádivas dos outros são melhores, portanto permitirei que vocês as troquem”. Naquele momento, cada criança ficou exultante ao considerar todas as possibilidades de sua nova missão.

Mas Deus sorriu quando disse: “Vocês voltarão a Mim muitas vezes pedindo para serem dispensados de sua missão e cada vez Eu concederei a vocês seus desejos. Vocês irão por incontáveis encarnações antes de completarem a missão original que lhes determinei. Eu lhes dou um tempo incontável para fazê-la, mas somente quando ela estiver feita, vocês poderão estar COMIGO”.

terça-feira, 24 de fevereiro de 2009

As primeiras vogais do nome

Os antigos consideravam as vogais como elementos sagrados do alfabeto. Pensavam que esta vogal era a vibração sob a qual a alma entrava no corpo. Verificou-se que realmente exerce uma influência profunda sobre o indivíduo, exprimindo a sua sensibilidade ao meio.

Primeira Vogal A
Você é uma pessoa corajosa e independente, curiosa e interessada em pesquisas. Sabe o que quer e porque quer. Criativa e original; geralmente vai direto ao seu objetivo, muitas vezes guiada apenas por sua inspiração. Conta com um destacado sentido de liderança. Mas também é emocional. Está sempre interessada em idéias novas, preferindo, contudo, que venham de sua mente fértil do que da dos outros. Tem prazer em se sentir diferente. Defende o seu ponto de vista mesmo que o mundo inteiro se oponha a ele. Já que se recusa a ser dirigida, aceita conselhos apenas quando coincidirem com a sua própria opinião. Normalmente, atrai novos contatos, oportunidades e mudanças. Deseja romper com o antigo, ou tentar tradições e empreendimentos arriscados no desconhecido. Deve evitar se mostrar dominadora e teimosa. Também deve aprender a ser tolerante, sem com isso perder a sua individualidade.

Primeira Vogal E
Você tem uma vida agitada e excitante, pois esta vogal está relacionada aos cinco sentidos. Deseja a liberdade acima de todas as coisas, entretanto, não deve romper com as regras do mundo para obtê-la. A variedade e o inesperado tendem a lhe acontecer com freqüência, mas tente não ser precipitado em seus gestos ou atitudes. O contato com o público pode lhe proporcionar muitas viagens, bem como satisfação em larga escala. É versátil e possui a habilidade de aprender facilmente, mas pode ser nervoso e temperamental. O dinheiro tende a ser abundante em um momento e escasso em outros, flutuando alternadamente. A sociedade matrimonial é geralmente instável e o lar pode sofrer devido às suas ações impulsivas e às oscilações de seu estado de espírito. As experiências de vida, que são sempre muitas, são representadas como que num palco. Assim, depara-se com muitas condições e oportunidades em todos os sentidos, ao longo de sua vida. Deve, por conseguinte, manter-se atualizado, a par dos acontecimentos, porque pode se deparar com o inesperado a qualquer momento. Pode ter uma natureza volúvel. Deve, por conseguinte, aprender a dominar as tentações ou a tendência à excessiva permissividade, especialmente em relação ao sexo oposto. Procure resguardar-se de excesso de inquietação e mutabilidade, especialmente em assuntos de amor e especulações.

Primeira Vogal I
Você é intuitivo, interessado em artes, dramas e/ou ciências. Deve cultivar o amor e a compreensão universal. Você é intenso, emocional e tem abundância de energia. Considera que tem a lei em si mesmo. Procure evitar ser sensível em demasia em relação às pessoas e circunstâncias ao seu redor ou de se tornar repetitivo. Basicamente, o seu comportamento é dual, podendo ir da genialidade à loucura, do extremo ócio à atividade intensa. Sabe espalhar a luz a quantos o cercam. Mas não aprecia mudanças bruscas, preferindo aperfeiçoar o que já existe a partir de idéias novas. Tende a ser governado pela paixão e gosta de servir a humanidade, porque tem a capacidade de compreender as necessidades dos outros. Por esta razão, tende a atrair a fortuna e o sucesso. Deve evitar mostrar-se mal-humorado, porque isso pode levar à perda de oportunidades.

Primeira Vogal O

Você é franco, metódico e acredita na lei, no sistema e na ordem. Tende a dissimular as suas emoções, muitas vezes por causa de seu próprio pudor. Contudo, é uma pessoa que secretamente conta com grande poder, que nem sempre expressa. É mais feliz quando consegue dar conselhos aos outros e por isso, deveria deixar mais evidente a suas capacidades e habilidades. Gosta de ser útil e é essencialmente um bom pai e professor. Precisa da responsabilidade para se sentir importante e deseja uma oportunidade para se sentir importante, seja no lar como no meio social. Perfeccionista, deve evitar as discussões. Se precisar fazê-lo, procure ser diplomático. Tende a ser um bom anfitrião e eventualmente, um bom maitre. Também gosta de cuidar de plantas e flores, dado a sua motivação de criar harmonia. Interessa-se em desenvolver negócios de há muito já estabelecidos e de lá não mais se mover. É bastante ligado ao tradicional.

Primeira Vogal U
Você tem uma mente universal, capaz de grandes idéias e de um amplo ponto de vista. Adora acumular coisas materiais. Sua abordagem é essencialmente a de uma pessoa despreocupada, jovial e feliz. Já que é notável em respostas espirituosas, pode se qualificar como orador de reuniões sociais e/ou informais, porque tem o dom de usar as palavras com eficiência. Muita gente gosta de você, porque é um bom amigo. Pode atrair experiências peculiares e, vez ou outra, sofrer por causa disso. É amante da natureza e gosta de fazer com que as flores e plantas cresçam profusamente. Simbolicamente, o U é uma taça que contém algo e por isso, poderá se tornar um colecionador. É de se esperar que goste de estudo e análise mental. Deseja se expandir e fazer algo diferente e o seu sucesso virá através de atividade criativa. Deve dirigir os seus esforços, como força de vontade férrea, para combater a sua excessiva qualidade emocional.

Lúcia Roberta Mello

As iniciais do nome e suas vibrações

Com que letra começa o seu nome?

Cada letra tem um som e cada som transmite uma energia que influencia, e muito, a personalidade de uma pessoa. Procure a inicial de seu nome ou de seus amigos e descubra o que ela tem a dizer. Ou, escolha um nome cuja inicial possibilite a melhor vibração para o seu bebê.

A - Dona(o) de uma personalidade ativa e decidida, você é uma pessoa cheia de energia, sempre pronta a se lançar em alguma aventura. Uma vida sem desafios, para você não tem a menor graça. E como também é um(a) líder nato(a), acaba arrastando os outros com o seu entusiasmo. Só tome cuidado para não se tornar um(a) cabeça-dura.

B - Você é do tipo que sabe o que quer, e sempre chega lá. Embora viva em busca de prazeres, é muito preocupada com a segurança financeira. Tem hábitos enraizados, uma memória excelente e adora dividir suas experiências com alguém, de preferência com seu amor. Seu aprendizado é lento, mas profundo: depois que aprendeu, nunca mais esquece. O lado vingativo, quando ativo, cria na pessoa o risco de se tornar teimoso(a) e ciumento(a).

C - Criativo(a), amável e expressivo (a), você é uma pessoa cheia de charme e com uma dose incrível de curiosidade. Tem a maior dificuldade de se concentrar no que está fazendo e não consegue guardar suas idéias só para você: precisa compartilhar tudo com os outros. Festas? Você adora, e está sempre de bom astral. O único perigo é exagerar a dose e se tornar nervoso(a), quieto(a) e pouco fofoqueiro(a). Mesmo porque você adora "enfeitar" a realidade.

D - Atencioso(a), ligado à família e com um senso maternal enorme, você gosta de se sentir útil e necessário(a) e costuma assumir mais responsabilidades do que pode. Sua palavra é uma só e dificilmente você volta atrás. Muito ocupado(a), está sempre fazendo alguma coisa e dificilmente tem uma hora livre para o lazer. O perigo é se tornar dependente e infantil demais, "sempre pendurado(a) nos outros".

E - Inteligente e comunicativo(a), você tem necessidade incrível de falar, mas nem sempre diz tudo o que se passa pela sua cabeça. Movida pela razão, só fica bravo(a) quando é desmentido(a) ou contrariado(a). E como pensa muito, também tem dificuldade de se concentrar no que está fazendo. Poderia se tornar um(a) ótimo(a) escritor(a), advogado(a) ou professor(a). Mas precisa controlar seu nervosismo e tomar cuidado para não virar um(a) tagarela.

F - Romântico(a), divertido(a) e cheio(a) de amor para dar, você quer que todos gostem de você, e não economiza gentileza e simpatia. Adora ser o centro das atenções e, da vida, quer apenas o melhor: dinheiro, poder, sucesso... Mas basta aparecer uma criança que seu coração derrete. Quanto ao lado negativo, bem, você tem um certo ar de mandão(dona) e pode se tornar muito egoísta se continuar se preocupando tanto com as coisas e com você. Afinal ninguém tem obrigação de ser perfeito.

G - Sério(a) e honesto(a) no trabalho, você busca a perfeição em tudo o que faz e se aborrece quando as coisas não saem como queria. Pensa muito antes de agir, mas quando decide é capaz de mergulhar de cabeça no que está fazendo e esquecer da vida. Assuntos ligados ‘a saúde são os seus preferidos, e poderia muito bem trabalhar nessa área. Cuidado com a impaciência, que pode levar a um estresse facilmente.

H - Bastante ligado(a) em dinheiro e posição, sua personalidade cresce quando você se vê diante de um desafio. " Vem quem tem" poderia ser perfeitamente seu lema na vida. E você não fica dias buscando soluções para os problemas: resolve tudo num segundo. Isso sem dúvida, faz de você uma pessoa meio solitária, pouco chegada a brincadeiras e um tanto quanto distante e severa Será que toda essa eficiência não esconde uma certa insegurança?

I - Carinhoso(a), sensual e muito fiel, você tem necessidade de demonstrar seu amor a todo instante? E espera que a pessoa amada faça o mesmo. Superprotetor(a) e muito prático(a), está sempre disposto(a) a resolver os problemas dos amigos mais chegados. E costuma ficar bravo(a) quando eles não aceitam sua ajuda ou seus conselhos. Outra grande preocupação sua é o dinheiro, coisa de que você gosta bastante, não? Cuidado para não se tornar uma pessoa muito teimosa, possessiva e dependente.

J - Você joga de igual para igual com qualquer pessoa. Não se sente melhor nem pior que ninguém e tem uma cabeça bastante aberta. Ficar parado(a)? Impossível! Com sua agilidade mental e física, você passa o tempo todo lendo (adora estudar), não perde uma oportunidade de viajar e tem uma paixão pela vida de dar inveja a qualquer um. Só não é legal na hora de julgar os outros ou de dizer certas "verdades" à queima-roupa, sem um pingo de diplomacia.

K - Você tem muito poder! É independente, decidido(a) e tem um magnetismo invejável, mas nem por isso vive anunciando suas qualidades. Ao contrário. Gosta de ficar quieto(a), observando e tirando suas próprias conclusões, sem se preocupar com a opinião alheia. A sensualidade é outro de seus pontos fracos, e você sabe explora-la muito bem. Seus defeitos? Ser ciumento(a), meio(a) possessivo(a), Por isso cuidado com certas manias.

L - Essa coisa de grupo definitivamente não faz sua cabeça. Seu negócio é um de cada vez e, quando sai com um amigo ou um(a) paquera, não quer mais ninguém por perto. Nessas horas você fica totalmente à vontade, e, até tira de letra qualquer desentendimento que possa surgir. Agora, se há uma coisa que deixa você nervoso(a) é ter que tomar uma decisão. Ufa, como é difícil, não? Por isso, às vezes, você parecia teimosa(o). Ou preguiçosa(o) e desligada(o). Mas é tudo fuga.

M - Emotivo(a) e muito ligado(a) à família, você exagera nos seus cuidados e corre o risco de sufocar aqueles que ama. Mas isso é porque tem muita energia e precisa manter as mãos e a cabeça sempre ocupadas com alguma coisa. Nas relações de amor ou de amizade, quando se machuca, você se recolhe para dentro de sei mesmo(a) e só sai depois de um pedido de perdão. Quer um conselho? Controle melhor seu temperamento e deixe as pessoas amadas mais na delas.

N - Criativo(a), dinâmico(a) e inteligente, você é um(a) trabalhador(a) incansável, disciplinado(a) e sempre disposto(a) a colaborar com os outros, sem nenhuma outra intenção a não ser a de ajudar. Prático(a) consegue executar tarefas cansativas e monótonas, que a maioria das pessoas detestaria encarar. Mas quando está trabalhando odeia ser interrompido(a). É muito critico(a) como você mesmo(a) e com os outros.

O - Em casa, rodeada pela família, você se sente uma rainha: assume qualquer responsabilidade, resolve todos os problemas, se emociona com todas as situações. Mas se alguém o(a) magoar é capaz de dias em silêncio, curtindo sua mágoa. Não, você não é vingativa, mas é possível que passo anos sem falar com a pessoa que o(a) ofendeu. Cuidado! Esse negócio de controlar manipular a vida dos outros pode acabar virando obsessão. E da sua vida, quem cuida?

P - Você busca a paz a qualquer preço, nem que seja... Brigando! E nem de longe imagina viver ao lado de pessoas que se relacionam à base de tapas e berros, sejam elas sua mãe, seu pai ou o grande amor da sua vida. Além de paz, seu coração seu coração precisa muito de amor. E você está sempre namorando. Mas que ninguém tente prendê-la ou proibi-la disso ou daquilo, porque, aí, é adeus na certa Só tome cuidado para não julgar e criticar os outros.

Q - Você tem um bom coração e está sempre disposta a ajudar os menos favorecidos. Vive tentando encontrar soluções para os problemas que afligem a humanidade e sabe direitinho como agir quando está interessada em alguma coisa, pois costuma correr atrás do que quer. Em geral é movida pela intuição, que em você é muito forte. O difícil é manter os dois pés no chão e fazer uma coisa de cada vez, já que está sempre envolvida com mil planos.

R - Quando se trata de resolver os problemas dos outros, você pensa e age como se fosse a pessoa mais sábia do mundo. Quando o problema é seu, fica totalmente confuso(a). Isso acontece porque gostaria de decidir as coisas sempre com a cabeça fria. Mas como o coração tem mania de se intrometer nas nossas dúvidas, fica difícil mesmo decidir. Quer um conselho? Controle sua ansiedade e não tenha medo de errar! Essa é uma boa maneira de aprender, sabia?

S - Você sabe perfeitamente o que quer da vida... E sempre consegue chegar lá! Tem a maior habilidade para envolver as pessoas que podem ajudá-la a tocar seus planos e não se importa nem um pouco em fazer um "teatrinho" quando necessário. Sua sensualidade não passa despercebida, e você aprendeu a usar essa arma muito bem. Principalmente entre quatro paredes. O perigo é se tornar muito dominador(a).

T - Você tem tanto amor para dar, tanta compaixão, que é capaz de passar a vida fazendo o bem para os outros, esquecendo que é uma pessoa e que também precisa receber ajuda e amor. Tome cuidado: agindo assim, pode acabar na posição de mártir. Até porque uma aura de santidade você já tem. É lógico que algumas vezes, não consegue perdoar ou esquecer um mal que lhe fizeram. Mas isso é o mínimo que pode fazer para se defender.

U - Amigável, aberto(a) e generoso(a), você é uma pessoa simpática, respeitada e fácil de se lidar Mas quando se trata do seu dinheiro, do seu tempo e de suas preocupações, nada é mais importante. Nem ninguém. Isso, sem dúvida, é um sinal de que você tem muito que aprender sobre o crescimento da alma. Mas se controlar esse egoísmo e for um pouco mais diplomático(a) no trato com as pessoas, já terá andado metade do caminho.

V - Você é uma lucidez fora do comum, quando se trata de julgar o mundo e as pessoas. E toda vez que abre a boca diz a coisa certa. O problema é que vive com um pé no chão e outro na lua, ligando e desligando sua atenção com uma rapidez incrível. Por isso muitas vezes, parece estar nem ai com o que ocorre no mundo ou a sua volta. Liberdade, para você, é a coisa mais importante do mundo e, por isso, costuma resolver sozinho(a) seus problemas, sem pedir ajuda ou conselhos a ninguém. Ordens? Você detesta, tanto dar quanto receber. Só precisa aprender a controlar sua teimosia.

W - Nada pode deixar você mais feliz do que um elogio. É capaz até de dar uma festa, só porque alguém disse que é bonito(a) Em compensação, costuma entrar na mais profunda depressão quando se sente humilhada ou desrespeitada por alguém. E, em vez de por para fora sua indignação, se esconde e se isola de todos. Com crianças, você se dá super bem e fica totalmente à vontade para demonstrar todo o seu romantismo e sua criatividade. Cuidado! Esse excesso de sensibilidade revela uma certa vaidade pessoal, que precisa ser trabalhada. Pense nisso.

X - Cheia de talentos, você possui muita energia e é capaz de levar seu entusiasmo a extremos, deixando as pessoas atrapalhadas, com a maior dificuldade em acompanhar seu ritmo. Pudera! Você se envolve em mil projetos ao mesmo tempo! E, mesmo que não termine nenhum, agita tanto no começo que é impossível para seus amigos ficarem de fora. Cuidado para não se tornar muito confusa e dispersa, sem saber que rumo tomar. Principalmente nas coisas do coração.

Y - Muito independente, você adora conquistar títulos, pessoas e fãs. É organizada, responsável e leva o maior jeito para ser chefe, pois sabe comandar um grupo como ninguém. Com tudo isso, não é de admirar que tenha um estilo todo próprio de fazer as coisas e não esteja nem aí para o que os outros pensem ou digam. Com o dinheiro, você é até meio pão dura, mas sabe muito bem fazer seu pé-de-meia. Só precisa ter cuidado para não virar uma esnobe. E achar que não há espaço para algumas bobagens em sua vida, principalmente o amor.

Z - Esta é a letra do destino. E se seu nome começa com Z, você tanto pode ser o(a) maior sortido(a) como ter vários problemas na vida, mesmo que não faça nada para isso. Por outro lado, tem um ótimo coração, muita criatividade e bastante energia física. Gosta de manter uma certa privacidade e tem muitos segredos que não conta para ninguém. Sua personalidade muda bastante, dependendo da situação. E por isso, às vezes, as pessoas não conseguem entende-lo(a). Tente confiar um pouco mais nos outros e... Acredite: a felicidade existe!

Lúcia Roberta Mello

Numerologia e o amor

Combinações:


1
1 e 1 – os dois são muito independentes e gostam de dominar a situação. Dificilmente fazem concessões e sempre esperam que o outro siga os seus comandos e realize seus desejos. Para dar certo, alguém tem que ceder, verdadeiramente.
1 e 2 – a sensibilidade do número 2 é completada pelo dinamismo do número 1. Se o número 1 reconhecer as qualidades do número 2, haverá harmonia e o casal terá ótimas chances. Caso contrário, será difícil dar certo.
1 e 3 – haja dinamismo nesta dupla! O número 1 investe na relação dando o direcionamento e o número 3 trata de arranjar os ambientes e impõe sua toda criatividade às idéias do1. Esta relação tem tudo para dar certo.
1 e 4 – relação difícil e desarmoniosa. Os dois números não vivem o mesmo ritmo. O número 1 é muito ativo, enquanto o 4 é calmo, não gosta de fazer nada com pressa. Sendo assim, você já viu!...
1 e 5 – uma verdadeira explosão de amor e sensualidade ocorre no encontro de 1 e 5. A relação é intensa, mas pode ser mais um fogo de palha, paixão pura que incendeia e logo se apaga. Cuide para que isso não aconteça.
1 e 6 – é bem possível que o número 1 abuse da boa vontade do número 6, cujo temperamento é do tipo que se deixa dominar facilmente. Se isso não acontecer, é possível que seja uma relação carinhosa, duradoura e cheia de afeto. Caso contrário, ambos caíram numa armadilha difícil de se desvencilhar.
1 e 7 – o número 1 se volta para o mundo exterior, enquanto o número 7 se volta para o mundo interior. Vai acabar que um fala abacaxi e o outro responde manga. É mais provável que daí nasça uma bela amizade, mas dificilmente o amor perdurará.
1 e 8 – uma combinação que envolve dinheiro, sem dúvida alguma. Se ambos tiverem uma relação de trabalho além do amor, isso vai nutris os sentimentos. Mas se a coisa ficar só no âmbito do afeto, acabará logo.
1 e 9 – o número 1 é a marca da objetividade, enquanto o número 9 é a marca do idealismo. No entanto, é comum que o idealismo tempere a objetividade, o que faz com que a relação dê certo e se enriqueça com amizade, amor verdadeiro e equilíbrio entre o material e o espiritual.

2
2 e 2
– ambos se entende, mas há uma certa dificuldade em manter a tranqüilidade do relacionamento. Seriam mais adequado se unirem numa amizade ou no ambiente de trabalho.
2 e 3 – o 2 certamente saberá amar o número 3 e este retribuirá todo o afeto do número 2 com entusiasmo. Haverá felicidade íntima e um bom entrosamento de ambos com o mundo exterior.
2 e 4 – a necessidade que o número 2 tem de amor será saciada pela fidelidade e pela atenção do número 4. A questão é se vão conseguir chegar ao namoro, pois ambos têm dificuldade em dar o primeiro passo.
2 e 5 – há uma atração mútua, mas o número 2 é dependente (grudado, colado) demais para o espírito livre do número 5. Provavelmente a relação se torne instável e complicada.
2 e 6 – o casal perfeito para o amor, com muita harmonia e muito sentimento. Haja doçura e carinho! Se a coisa engrenar, vai dar em casamento (mas talvez alguém tenha que sustentar esses dois).
2 e 7 – vai ser difícil para o número 2 suportara falta de diálogo e principalmente a falta de declarações amorosas do número 7. É melhor que a relação fique no campo da amizade.
2 e 8 – nada que se possa efetivamente censurar nesta relação. É o que se pode dizer da relação perfeita. Enquanto o número 8 adora proteger, o número 2 adora ser protegido.
2 e 9 – eis dois tipos bem diferentes; o número 2 é introspectivo enquanto o número 9 é extrovertido e super expansivo. Com certeza isso vai criar sérias dificuldades na relação.

3
3 e 3
– são de temperamentos semelhantes e por isso se atraem. No entanto, falta algo mais para completar a relação amorosa e tudo acaba ficando na amizade mesmo.
3 e 4 – uma união de entusiasmo (número 3) com prud6encia (número 4). Se não houver exagero, a relação dará certo.
3 e 5 – tanto um como o outro têm vontade de se diverti, viajar, conhecer pessoas. E também estão sempre interessados em melhorar o relacionamento. Muito diálogo e muita aventura são o tempero desta relação feliz.
3 e 6 – nesta relação tudo pode dar certo. Há muito carinho , muita compreensão, harmonia e equilíbrio.
3 e 7 – o 3 é voltado para o mundo e quer conhecer e explorar todas as possibilidades, mas o 7 fica olhando para dentro de si mesmo e buscando razões mais profundas, complicando o meio de campo. Será bom intelectualmente, mas ruim no amor.
3 e 8 – o número 3 vai achar o número 8 muito arrogante e isso causará dificuldades. No trabalho, podem até se entender, mas no amor, faltará carinho e docilidade.
3 e 9 – nesta relação pode-se esperar cumplicidade e cooperação de ambos os lados. Juntos, os dois podem progredir muito e isso acalorará a relação.

4
4 e 4
– ambos são extremamente fiéis e metódicos no que fazem. gostam de dar e receber na mesma medida, o que acaba satisfazendo ambos os lados. O perigo está no sentimento transformar-se em posse.
4 e 5 – o número 4 é estático, odeia mudanças, enquanto o número 5 é expansivo e sempre age impulsivamente, motivo para que o 4 encha-se de críticas. Essas diferenças podem gerar incompreensão e levara relação pro buraco.
4 e 6 – ambos gostam de conforto material e do equilíbrio afetivo. O resultado é uma união feliz.
4 e 7 – sim, há cumplicidade. Sim, há compreensão no relacionamento. Mas, paixão que é bom, nada!
4 e 8 – um é todo estrutura, o outro é todo prosperidade. Ambos acabam falando a mesma língua e se dão bem em todos os níveis, porque constróem suas vidas em torno do equilíbrio afetivo e do sucesso financeiro.
4 e 9 – quando a disciplina do número 4 se depara com o idealismo do número 9, tudo pode acontecer: ou é amor total e sem limites ou é rejeição imediata.

5
5 e 5
– ambos dividirão sensualidade e o gosto pela liberdade, mas não se pode garantir nenhuma fidelidade entre os dois.
5 e 6 – oposição evidente; o 6 adora fidelidade e compromisso, enquanto o 5 é todo independência. Vai ser difícil manter essa união.
5 e 7 – existem diferenças, que podem impedir algo mais duradouro. Mas, enquanto elas não atrapalham a relação, podem contar com muitas viagens, aventuras, descobertas a dois...
5 e 8 – a ambição do 8 se depara alegremente com a aventura do 5 e desse encontro podem surgir ótimas idéias que farão incendiar a relação. No entanto, nenhum dos dois quer ser dominado. Portanto, é só cuidar para manter o respeito à individualidade um do outro.
5 e 9 – sonhadores e amantes das viagens e dos novos projetos, se harmonizam de cara. O problema vai ser pagar as contas, pois nenhum dos dois se preocupa com a matéria.

6
6 e 6
– ambos são indecisos e isso pode causar problemas. Se se casarem logo, no entanto, podem fazer do lar o seu ”ninho de amor” e aí a coisa dá certo, pois ambos curtem a vida em família.
6 e 7 – o 7 às vezes gosta de ficar sozinho e o 6 tem a necessidade de estar sempre junto da pessoa amada. Evidentemente essa será a causa dos conflitos.
6 e 8 – enquanto o 8 se preocupa com a parte material, o 6 se preocupa com a parte sentimental. Resulta disso que aparecem as desavenças, coisa que só as concessões (de ambos os lados) podem resolver.
6 e 9 – espera-se bons frutos desta união, principalmente se houver um movimento efetivo de um cuidar e prestar atenção no outro.

7
7 e 7 – ambos são introspectos, mas falam a mesma linguagem. O máximo que pode acontecer é um retardamento na união, até que um dos dois se decida a declarar-se ao outro.
7 e 8 – a menos que ambos estejam buscando felicidade em seus opostos, esta união será difícil e quase impossível, uma vez que um é a espiritualidade em pessoa e o outro a própria encarnação do materialismo.
7 e 9 – muita originalidade nesta relação, que pode resultar em uma mudança radical de vida, algo que vá parar nas comunidades alternativas ou coisa que o valha.

8
8 e 8
– muita ambição pode levar o casal a falar só em negócios e empreendimentos. Também será difícil arranjar tempo para se encontrarem, a menos que trabalhem juntos.
8 e 9 – uma parceria que pode dar certo. O 8 investe sua energia, enquanto o 9 sua imaginação. Ah! Mas não estamos falando de negócios, né? Então, neste caso, só Deus é quem sabe!

9
9 e 9
– uma união fantástica ao nível da intelectualidade. Podem ser bons amigos, mas faltará envolvimento na hora do amor.
Lúcia Roberta Mello

O que é numerologia?

A Numerologia que praticamos concentra-se na individualidade. Quando nascemos, recebemos um nome e um sobrenome. Este nome tem por si uma musicalidade, uma vibração sonora que traduz um conjunto de números e um número sintético.

Esses números, tanto por sua síntese quanto por sua maior incidência ou ainda por sua ausência, determinam as escalas vibratórias em que o indivíduo caminha, bem como que tipo de ocorrências eles vão atrair ao longo da vida (os números pessoais vão se unindo a datas e períodos, gerando as oscilações comportamentais e vibracionais ao longo da existência.

Por ser exata, esta ciência não é adivinhatória. E, por ser ciência, devia ser mais estudada e principalmente mais aplicada em nosso cotidiano. Não deveríamos impor tanto preconceito a uma ciência que, aliada à Astrologia, por exemplo, poderia trazer mais consciência às nossas escolhas e mais luz à nossa compreensão.


Lúcia Roberta Mello

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2009

Os Números – significados simbólicos

Os números têm cada qual sua simbologia e seu significado.
Compreendendo melhor a simbologia, compreende-se melhor o significado.
Para saber qual é o seu número vibratório, consulte a tabela abaixo para obter o valor numérico de cada letra e depois some todas as letras de seu nome. Some os algarismos do número obtido e depois reduza até conseguir reduzir a um único algarismo.

Ex.: José da Silva
J=1 + o=6 + s=1 + e=5 + d=4 + a=1 + s=1 + i=9 + l=3+ v=4 + a=1 = 36
De trinta e seis:
3 + 6 = 9.
Portanto, o número de vibração do nome José da Silva é 9.


Correspondências:
número 1 = A; J; S
número 2 = B; K; T
número 3 = C; L; U
número 4 = D; M; V
número 5 = E; N; W
número 6 = F; O; X
número 7 = G; P; Y
número 8 = H; Q; Z
número 9 = I; R

Número 1
O 1 é o símbolo da Unidade. Representado por um traço vertical, alude ao homem ereto, em busca de sua própria divindade ou unidade. Este número corresponde ao Sol, que é o centro do Universo ou a Unidade Convergente e, como toda simbologia relacionada ao Sol, indica afirmação, individualidade e domínio. Traz o magnetismo masculino e a atividade próprios desta emanação. Nos efeitos que causa sobre as pessoas, relacionam-se a: ambição, autoconfiança e determi-nação, que dão propósitos firmes e independência. As qualidades de pioneirismo e iniciativa
também as influenciam, bem como a firmeza e a teimosia. Excessivamente autoconfiantes, podem agir com arrogância e pretensão em muitas ocasiões. As pessoas predominantemente 1 preferem mandar a obedecer e, quando definem seus propósitos na vida, dificilmente se distanciam de seus objetivos. Têm mente fértil e são líderes natos, mas com extrema dificuldade em exercer postos de comandados. Por isso, muitos seguirão como autônomos ou escolherão profissões liberais. O número 1 é a expressão do EU, firmando o egocentrismo resultante do magnetismo pessoal que atrai ou quer atrair para si mesmo a atenção e as energias circundantes. Portanto, mesmo que não estejamos falando de pessoas precisamente egoístas, certamente estamos citando pessoas que pensam em si mesmas e priorizam-se acima de qualquer outra coisa. Se espiritualizadas, essas pessoas podem ser as mais facilmente adaptáveis à Nova Era e as suas novas inclinações de conduta.

Número 2
O 2 é o símbolo da Diplomacia, da relação harmoniosa que se dá entre duas unidades. É simbolizado por duas colunas ou hastes fincadas no chão, mostrando-nos a idéia de polaridade, de dois caminhos, dois pilares de estrutura. Corresponde astrologicamente à Lua, com todas as suas emanações e características. Ao mesmo tempo é variável e regular. No entanto, sem dúvida alguma é um número de dualidade, incerteza, diversidade, duas opiniões simultâneas. Traz o magnetismo feminino, passivo, receptivo. O número 2 é a representação do NÓS e, portanto, vemos claramente a existência do EU e a do VOCÊ, intrinsecamente relacionados e coexistentes. As pessoas predominantemente 2 são justas, adaptáveis, discretas e prudentes. Têm delicadeza natural e amam a paz, a felicidade e a harmonia.
Esta não é uma vibração própria das ações de comando, pois está repleta de passividade mas, incontestavelmente, o mundo não poderia viver sem esta energia conciliadora e apoiativa, tão expressiva e necessária quanto a energia primária. Sob esta vibração estão os melhores colaboradores. São pessoas que sabem e gostam de obedecer e executar tarefas. Também é o número das pessoas influenciáveis, mas não propriamente sem personalidade, apenas preferem apoiar e seguir os líderes do que serem elas mesmas as dirigentes dos ideais. O lado negativo desses diplomatas é muitas vezes a omissão, coisa que fazem a fim de evitarem arrumar encrencas. Como não possuem agressividade, podem chegar a se tornarem capacho dos outros o que, com certeza, não condiz ao direcionamento que nos inspira a Nova Era.

Número 3
O número 3 é o número da expansão. Seu símbolo é um triângulo ou trevo de três folhas. Representa a complementação ou a junção, o terceiro elemento da trindade familiar e também da união Homem-Natureza-Divindade. Num sentido mais elevado, O Pai, O Filho e O Espírito Santo. Astrologicamente é representado pelo planeta Júpiter, o planeta da abundância, um dos mais benéficos do zodíaco. Assim como Júpiter, o número 3 é exuberante, rico em possibilidades, é energético e extremamente favorável. É um número que atrai sorte e alegrias, aludindo à grande colheita da vida, onde se é possível servir banquetes fartos e memoráveis. Mais do que o NÓS, este número expressa o TODOS NÓS, numa abrangência infinita.As pessoas de influência predominantemente 3 são expansivas, têm sempre muitos amigos e se deparam freqüentemente com ótimas oportunidades de expansão na vida. São pessoas descontraídas, que não se prendem aos problemas e têm a mente solta, que não esquentam a cabeça à toa e são repletas de otimismo. Inclinados à popularidade, sociedade e até mesmo política, gostam de aparecer, de se destacarem entre os demais. A auto-expressão é fundamental para essas pessoas, que são liberais e abertas a novas experiências. Por outro lado, pecam pela impetuosidade ou pelo excesso de sensualidade, correndo o risco de caírem na boa vida, onde tudo é só diversão e prazer.

Número 4
O número 4 é o número da solidez e da estrutura. É representado pelo quadrado, que por si mesmo significa a fundação e a solidez da casa, da profissão ou de tudo o que proporciona estrutura de vida no âmbito material. Astrologicamente, o número 4 é representado pelo planeta Urano, que é um planeta de acontecimentos inesperados, que provoca mudanças repentinas. No caso, essas mudanças atuarão no âmbito das estruturas, o que se faz necessário muita cautela e atenção na hora das análises. As pessoas desta vibração são honestas, leais e verdadeiras. Têm força de vontade e são trabalhadeiras até demais, apontando traços de perfeccionismo. É normal que tenham habilidades manuais. São conservadores e pessoas da mais alta confiança, mas se preocupam em excesso e são um tanto lentos mentalmente, no que diz respeito às observações e às conclusões. São, portanto, mais executores do que planejadores.

Número 5
O número 5 é o número da instabilidade e da incerteza. De natureza variável e inconstante, como Mercúrio, o planeta que o representa. É representado pela estrela de cinco pontas e os dedos da mão, significando todas as possibilidades de progresso e expansão do homem (polegar, vontade; indicador, destino e/ou ação; dedo médio, razão e fatalidade; anular, idealismo e/ou espiritualidade; mínimo, comunicação, estudos e expansão territorial). As características das pessoas desta vibração são variáveis, dependendo muito da evolução espiritual de cada um. A pessoa tanto pode ser comunicativa, expansiva, versátil, jovial, alegre e aventureira, como também pode ser vulnerável, inconstante e pessimista. Vive no tempo presente e não dá muita importância ao que as outras pensam a respeito de suas atitudes.

Número 6
O número 6 simboliza a harmonia. É representado por um círculo ao lado de um traço vertical, significando o homem ao lado de seu círculo familiar. Astrologicamente, corresponde ao planeta Vênus, o planeta do amor e das artes. As pessoas de vibração 6 são boas por natureza. Sensíveis, aprendem a demonstrar seu amor desde cedo e tornam-se responsáveis através da necessidade que têm em ver as pessoas bem. São artísticas e em geral são de bela aparência. São calmas, serenas, alegres, intuitivas e sabem argumentar com parcimônia. No entanto, pecam por excesso de otimismo. Podem se tornar excessivamente possessivas e protetoras, que são os riscos de quem interpreta o mundo emocionalmente. Usam o coração para fazerem suas escolhas e por isso não são boas negociantes. Românticas, seus maiores interesses são o amor, o lar e a família.

Número 7
O número 7 representa o mistério e todas as coisas que estão ocultas, assim como a própria intimidade do ser. Astrologicamente, corresponde ao planeta Netuno, o planeta das profundezas oceânicas e também humanas – o mundo psíquico. Desde os mais antigos estudos, o número 7 vem representando a Cabala e o Desconhecido. É sempre difícil falar a respeito do 7, pois suas vibrações são estranhas e é necessário muita espiritualidade para absorver e manifestar todas as suas emanações. No entanto, as pessoas sob esta influência são inteligentes e podem aprender com facilidade a respeito de si mesmas. Muitas vezes são introspectas e reservadas, exclusivas e incompreendidas. São naturalmente imponentes por possuírem superioridade mental, que também lhes atribui intelectualidade avantajada. Quando a pessoa vibra o 7 negativamente, torna-se melancólica, covarde e desesperada, podendo entregar-se aos vícios ou sofrerem de ostracismos depressivos. Apreciam, no entanto, a solidão, criando uma tendência positiva à meditação. Dificilmente a pessoa 7 sobreviverá sem misticismo, coisa que é inerente ao número.

Número 8
O número 8 é o número do dinheiro e símbolo do progresso material. A simbologia gráfica (um círculo em cima do outro) representa os bens acumulados. Na astrologia, corresponde ao planeta Saturno, um planeta fixo e sólido. Corresponde à administração e à expansão material. É a riqueza na matéria e a capacidade executiva e a capacidade de delegar, dirigir, administrar, reger, gerir. As pessoas de vibração predominantemente 8 apreciam fazer amizades com opositores ou pessoas de difícil trato, pois são políticos natos e gostam de todo tipo de desafio. São pessoas ocupadas e de grande praticidade, que agem com absoluta segurança do que estão fazendo. Almejam e estruturam a vitória em seus empreendimentos. No lado negativo, são maliciosos e desconfiados, além de possuírem um grande senso de superioridade. Algumas oportunidades podem ser perdidas por causa do mau humor. Quando caem, no entanto, essas pessoas, mesmo quando vibram negativamente, levantam-se prontamente.

Número 9
O número 9 é o número símbolo da Humanidade. É representado por um traço horizontal (o homem), levantando um círculo (o mundo). Astrologicamente associa-se ao planeta Marte, que é fecundo e forte. O número forte vibra a consciência universal, o humanismo e o verdadeiro sentido de união da humanidade. As pessoas desta vibração não pensam apenas em si mesmas. São absortas no verdadeiro sentido de abundância e quanto mais dão, mais têm. São pessoas liberais, combativas, corajosas e “defensores dos fracos e oprimidos”. São também apaixonadas e impulsivas. Precisam, no entanto, desenvolver a persistência e a concentração.

Lúcia Roberta Mello